José Manuel Tengarrinha: um constituinte livre

José Manuel Tengarrinha: um constituinte livre

Com inteira justiça e oportunidade foi prestada homenagem na Assembleia da República aos membros da Assembleia Constituinte que redigiram e aprovaram a lei fundamental da nossa democracia, e a quem foram agora atribuídos diplomas de deputados honorários. O LIVRE saúda esta iniciativa que honra a nossa memória e atualiza a nossa pertença coletiva à Constituição da República Portuguesa.

Entre os homenageados encontra-se José Manuel Tengarrinha, deputado à Constituinte eleito então pelo MDP/CDE, e hoje membro do LIVRE e eleito no nosso último Congresso para a Assembleia do partido.

José Manuel Tengarrinha foi um dos mais destacados opositores à ditadura e dinâmicos ativistas democráticos em Portugal, antes e depois do 25 de Abril. Com a organização da Comissão Democrática Eleitoral em 1969 e do Congresso da Oposição Democrática em 1973 e a fundação do Movimento Democrático Português como partido político em 1975, José Manuel Tengarrinha foi eleito deputado nas primeiras eleições em democracia e um dos precursores da abertura dos partidos políticos, da participação cidadã e do aperfeiçoamento da deliberação e da representação democráticas. Mantém hoje uma grande atualidade a sua atividade política nesta época, tal como é de grande importância e amplitude a sua obra historiográfica e a carreira académica a que se dedicou após deixar a Assembleia da República, e que se focou sobretudo no estudo da história política e das ideias em Portugal. É de sua autoria a obra de referência sobre a História da Imprensa em Portugal.

Para o LIVRE é uma enorme honra contar com a participação ativa de José Manuel Tengarrinha na vida do partido. Foi com felicidade e sentido de responsabilidade que recebemos o seu apoio nas eleições europeias de 2014, e com orgulho que vimos José Manuel Tengarrinha ser candidato nas eleições primárias da candidatura cidadã LIVRE/Tempo de Avançar e fazer parte das nossas listas às eleições legislativas de 2015. Aos 84 anos, José Manuel Tengarrinha foi candidato eleito à Assembleia do LIVRE no nosso último Congresso e tem sido um membro presente e participativo neste órgão deliberativo. Não pode haver maior orgulho, para um partido tão jovem, do que contar com o contributo de alguém que tanto tem dado à cidadania, ao estado de direito e à democracia em Portugal — e que deseja continuar a sua atividade política através da participação de um partido que todos os dias tenta prolongar e atualizar os valores que trouxeram democratas como ele à política.

Permitam-nos pois felicitar calorosamente o nosso camarada José Manuel Tengarrinha pelo justo reconhecimento do seu papel como Constituinte e, através dele, estender a nossa gratidão às deputadas e deputados que escreveram a nossa lei fundamental e consolidaram o regime democrático em Portugal.

Petição

Retribuição Horária Mínima Garantida

Assine aqui a Petição