Uma vitória do LIVRE para a democracia

Uma vitória do LIVRE para a democracia

O LIVRE congratula-se com o facto de o debate entre os cinco candidatos a presidente da Comissão Europeia, no próximo dia 15 de maio, ser transmitido na RTP Informação, tal como havia sido pedido em carta aberta enviada pelo LIVRE à direção de informação e ao provedor do telespectador da RTP.

Como referido na carta, entregue no passado dia 12 de maio, este debate é da maior importância, uma vez que um dos candidatos será o próximo presidente da Comissão Europeia, tendo assim a última palavra sobre todas as propostas de legislação a fazer nos próximos 5 anos para 500 milhões de cidadãos europeus e todos os orçamentos comunitários até 2020 (incluindo as perspetivas financeiras até 2027). Após a cessação de funções da troika,o próximo Presidente da Comissão Europeia será o interlocutor primordial de Portugal para os próximos anos.

É com satisfação que, no próximo dia 15, o LIVRE seguirá na sua sede este debate — como já estava previsto, mas agora a partir da transmissão do canal público português. Uma vez que o debate não é transmitido em antena aberta, como teria sido importante que fosse, convidamos todos os interessados a juntarem-se a nós na Rua da Atalaia, nº 126, em Lisboa, para acompanhar o debate e a análise que será feita pelos nossos convidados. Teremos também a hipótese de questionar em direto a candidata dos Verdes europeus à Comissão Europeia, Ska Keller, que connosco estará por videoconferência para o rescaldo final, e que responderá às perguntas do público.

Esta é uma vitória não só do LIVRE, mas da democracia. Os cidadãos portugueses têm direito à informação e merecem estar esclarecidos sobre o que os diferentes candidatos pensam e defendem para a Europa e, consequentemente, Portugal. Os temas europeus não podem continuar a ser relegados para segundo plano, sob risco de acentuar a separação entre os portugueses e as diferentes instituições da União. A promoção e debate destes temas deve ser responsabilidade, quer dos partidos políticos, quer dos órgãos de comunicação social. O LIVRE assumirá o seu papel e continuará a promover e a discutir Portugal e a Europa, como tem sido seu apanágio.

O evento na sede de campanha do LIVRE, no antigo Frágil (ao Bairro Alto), terá lugar a partir das 20h00 do dia 15, e será acompanhado in loco por comentadores, da esquerda à direita, da blogosfera e tuitosfera nacional.

Petição

Retribuição Horária Mínima Garantida

Assine aqui a Petição